Nossa vida é uma viagem, que pode ser longa ou curta...  Podemos enfrentar obstáculos e caminhos desconhecidos.

Em toda viagem, os que gostam de dirigir são as maiores vítimas do estresse, provocado pelas longas horas ao volante. Caminhões que passam lentamente, carros apressados, buracos na estrada, pedágio e muitas outras situações podem tirar o brilho da aventura.

Gosto muito de observar as pessoas quando estão se preparando para sua entusiasmada viagem de férias. É lindo contemplá-las arrumando a bagagem, saindo fazendo animada festa, porém, ao retornar, nem parecem as mesmas que partiram. Semblante cansado, sem a euforia inicial, algumas vezes, marcas de frustração nos olhares.

Isso é que acontece em nossa vida. Nascemos e fazemos planos. Desenhamos uma história de amor ou de sucesso. Mas, com o passar dos anos, percebemos que muitos dos nossos sonhos não se realizam. Sentimo-nos frustrados e, até mesmo, limitados diante de algumas circunstâncias. Temos a impressão de que travamos batalhas sem vislumbrar vitória, de que plantamos mais do que colhemos. Ficamos desmotivados pelo cansaço, chegando até a desistir da jornada. Infelizmente, muitos não chegam ao fim com a mesma determinação e vivacidade com que começaram.

A vida é assim. Temos que saber vivê-la, aproveitar cada oportunidade, fazer com que valha a pena. Para isso é necessário ouvir aquela voz suave que sussurra ao nosso ouvido: Hei, por favor, entregue-me o volante e descanse.

É claro que não se trata apenas do volante de um carro qualquer, mas do modelo mais precioso e especial que já se fabricou: o coração humano.


Se você deseja adquirir esse Produto: Clique Aqui

  • Culto Domingo
  • Culto Quarta
  • Esboços
  • Estudos
  • Fotos

Jesus no barco faz toda a diferença (Marcos 4)

Segunda , Abr 14 2014
1386

O Que é Avivamento?

Terça , Fev 25 2014
1064

O Chamado

Segunda , Fev 17 2014
1055

Uma Questão de Nascimento

Segunda , Fev 17 2014
1140

Visitantes Online

Temos 5 visitantes e Nenhum membro online