Tema: 2012, Ano do recomeço e de novas oportunidades
Texto áureo: Lucas 13.6-9

Introdução: Se tem algo que eu acho triste na vida é alguém ter uma grande oportunidade na vida e perdê-la. Um certo escritor falando sobre oportunidades diz: “É melhor estar preparado para uma oportunidade e não ter nenhuma, do que ter uma oportunidade e não estar preparado”.

Quantas pessoas que erraram em algumas áreas da vida, dariam tudo para ter uma segunda chance! Jesus conta uma história que fala sobre esta segunda chance, ou acerca desta nova oportunidade. Ela fala de um homem no verso 7 que durante 3 anos vinha buscar frutos em sua figueira, mas não encontrava nenhum. Cansaço dessa situação ele determina que aquela figueira seja arrancada. Um vinhateiro  implora a favor daquela figueira, pedindo por mais uma chance, por outra oportunidade durante o próximo ano. Entendamos esta parábola: o dono desta vinha é Deus, o vinhateiro que é responsável pela produção da figueira, é Jesus, e a figueira é a nossa vida. Os frutos desta figueira são as nossas obras. Neste ano que termina, quantos de nós viemos a perder muitas oportunidades importantes que nos foram dadas. Quem sabe foram perdidas oportunidades no trabalho, na vida familiar, na Igreja, nos relacionamentos, na vida sentimental. Com certeza, você deve estar pensando nas oportunidades que foram perdidas, nas grandes chances que lhe foram dadas e de repente, você as perdeu por algum motivo. E talvez agora, esteja pensando sobre como poderá recuperar o que se perdeu.

I. Muitos perderam grandes oportunidades de frutificar na história da revelação

Examinando a Bíblia encontramos vários exemplos de pessoas que perderam grandes oportunidades.

Quem não se lembra de Esaú, que perdeu a grande oportunidade de experimentar todos direitos especiais que um filho primogênito tinha, ao trocar tudo por um prato de comida. Esaú perdeu grandes oportunidades e depois tentou reaver o que tinha perdido. Ninguém pode esquecer de Caim, que perdeu a oportunidade de ter a sua oferta aceita por Deus por causa de sua natureza violenta e pecaminosa.

Outros como o jovem rico, que perderam a oportunidade de serem salvos porque amaram mais as suas riquezas do que a Deus. Lembro ainda Marta que perdeu a oportunidade de aprender com Jesus nos dias em que o mestre estava ali em sua casa hospedado. Agora, deixe que eu lhe pergunte: “Você fracassou no ano passado? …você falhou em alguma coisa importante no ano passado? …você errou na vida no ano passado?” Se você teve um ano com perdas constantes de oportunidades e chances, então aproveite este momento para fazer uma avaliação de sua vida, com o objetivo de fazer uma correção em seu rumo. Neste novo ano que chega, vem um tempo para novas oportunidades. Acredito que  Deus agendou uma segunda chance para você hoje! Neste novo ano, Deus me dá uma nova oportunidade para um recomeço.  2012 é o ano do recomeço e de novas oportunidades.

II. Existem algumas preciosas lições nesta história da figueira
Corresponda as expectativas de Deus para sua vida v.6,7

O v.6 revela que havia uma expectativa no coração daquele dono de terra: “ele tinha uma figueira plantada na vinha”. Logo, contava colher os seus frutos. E esta era a sua expectativa. E é completamente justo que esse homem esperasse frutos naquela figueira, porque é natural que uma figueira produza figos! A figueira é uma espécie de arbusto de boa adaptação à diversas condições de clima e de solo. Um especialista diz, que uma só figueira, produz em torno de 8 a 10 kg de figos verdes por safra! Mas, ocorria uma anormalidade com a figueira aqui.

O verso 7 diz que por três anos aquele agricultor procurava frutos nela e voltava decepcionado para casa, porque não havia frutos para colher. Ele olhava para aquela árvore frutífera, revirava suas folhagens, levantava e abaixava os galhos, mas não via frutos nela. No verso 7 o dono desta vinha diz: “por que ela (a figueira) ocupa ainda a terra inutilmente?”Amado, está figueira representa a nossa vida. Quando Deus olha para a sua vida, o que Ele está vendo? Deus está vendo frutos? se você é um crente, um servo de Deus, Ele está vendo os frutos do seu ministério? Ele está vendo o fruto do seu labor? …quando Deus olha para a sua vida, irmã/irmão, o que Ele está vendo?

Amado: Deus tem sonhos com você, Ele tem propósitos, Ele tem expectativas a seu respeito. Mas será que estas expectativas de Deus, estão sendo correspondidas por nós? onde  estão os frutos? Como está o amor a Deus? Como está a comunhão, o relacionamento, a devoção, a intimidade  e o dia a dia com Deus.

Por isso, a primeira lição que aprendemos desta parábola, é que com esse Ano Novo, nós temos uma nova oportunidade para corresponder as expectativas de Deus.

III. Estamos tendo uma nova chance de mantermos os privilégios e bençãos que recebemos do Senhor v. 7
Veja que interessante o que lemos no v.6a: uma figueira plantada numa vinha – figueira privilegiada essa! …a figueira estava plantada numa vinha, numa plantação de uvas, que é uma fruta nobre. Nós não esperaríamos uma figueira dentro de uma plantação de uvas. Mas, o dono a coloca em um lugar excelente em uma posição privilegiada. Uma vinha requeria cuidados especiais… O solo precisa ser muito bom, o clima agradável, chuva em períodos regulares. Até a velocidade do vento precisa ser bem dosada. Pois era num lugar assim, que estava esse pé de figos; ele havia sido plantado numa terra fértil, numa terra tão boa que proporcionava o cultivo de uvas. Portanto, essa figueira estava em terra boa, recebendo os mesmos cuidados, as mesmas oportunidades que o vinhateiro dava à sua vinha, ou seja, a figueira tinha tudo para produzir fruto – todos os privilégios… mas ainda assim, ela não dava fruto…

Como filhos de Deus desfrutamos de um tratamento especial de Deus, temos uma posição especial, recebemos as bênçãos de Deus diariamente, somos especiais para Deus, e somos tratados de forma especial. Aqui mesmo no evangelho de Lucas, lemos algo que não podemos esquecer, está no capítulo 12, v.48: “…será pedido muito de quem recebe muito; e, daquele a quem muito é dado, muito mais será pedido”. A Bíblia está dizendo que cada pessoa será julgada de acordo com as oportunidades que recebeu: A quem muito se deu, muito se exigirá…

Eu preciso lhe fazer essa pergunta: No ano passado, o que você fez com todas as bênçãos e com todos os privilégios que te foram dados por Deus? Deus lhe deu 365 dias… Deus cuidou de você em cada um deles… mesmo nos dias em que você adoeceu ou se feriu, Deus abençoou você… Ele preservou a sua vida… o que você fez com todas aquelas bênçãos e privilégios?

Talvez você tenha desperdiçado as melhores oportunidades da sua vida…

Mas veja: Deus te dá um Ano Novo, e isto significa que você tem uma nova opotunidade para corresponder aso privilégios recebidos de Deus … diga: Graças a Deus, porque tenho uma nova oportunidade!

IV. Deus está investindo novos recursos, novos dons, novas habilidades, novos talentos na figueira para que ela produza os frutos.
V.8 O dono da figueira diz no verso 7: “Há três anos venho procurar fruto nesta figueira e não o acho, corta-a”. Naquele instante o vinhateiro se coloca em atitude de defesa da figueira. Eu vejo aqui Jesus simbolizado, em nos defender e interceder a nosso favor perante Deus, pedindo a Deus que tenha misericórdia de nossas vidas, e compaixão de nossos pecados. Na história que Jesus contou, lemos no v.8, o vinhateiro pede ao Senhor que deixe a figueira por mais um ano. Ele diz no verso 8: “deixe-a este ano, até que eu a escave e a esterque”. Vemos aqui que haverá um novo investimento na figueira: Ela será poupada, terá o seu solo afofado, receberá esterco (adubo); nada irá faltar à esta figueira – ela receberá atenção especial.

Com este Novo Ano que chegou, amados, nós temos uma nova oportunidade e também novos recursos de Deus.

O que esse texto diz que será feito à figueira, é o que Deus irá fazer, neste ano, à vida de toda a pessoa que não tem conseguido frutificar. Veja como Deus é misericordioso: se você terminou o ano sem resultado positivo, sem fruto na sua vida, com sua fé abalada, enfraquecido, aqui diz que Deus vai continuar investindo em você. Deus vai tomar providências.

Aleluia!  Amado, não haverá desculpas para não dar frutos neste ano…

V. Deus está nos dando uma nova oportunidade que não poderá ser negligenciada
Não há outra alternativa: é frutificar ou frutificar! Caso contrário, aí então, se a figueira não mudar sua realidade, se a figueira não produzir fruto, se ela não frutificar, o verso 9 diz que ela  vai virar lenha. (pergunte à pessoa ao lado: “Você não quer virar lenha, quer?”).

Quero que você entenda que esta segunda chance, não pode ser negligenciada, porque o custo é alto.

Jesus realmente contou que se a figueira não produzir fruto, será cortada.  Ouça: ninguém deve brincar com as oportunidades dadas por Deus…Então, eis o que você deve fazer para dar fruto:
- Você deve aproveitar as condições que Deus te dá e fincar suas raízes, plantando os pés no caminho de Deus.
- Você deve criar raízes na presença de Deus…  Faz pouco tempo eu li algo a respeito da bananeira, por exemplo, você pode picá-la, pode queimá-la, mas ela vai continuar crescendo… Há apenas um modo de acabar com a bananeira: arrancando suas raízes. As raízes são a chave do fruto. Se você fincar raízes no caminho de Deus, na casa de Deus, a produção do fruto estará garantida.

Por isto, neste Novo Ano, Deus espera muito de você. Hoje você tem uma nova oportunidade que não pode ser negligenciada.

Conclusão: Este é sem duvidas o ano da frutificação, pois Deus investirá em nossas vidas como nunca investiu antes, portanto, temos apenas duas alternativas este ano: frutificar ou frutificar.